sábado, 11 de dezembro de 2010

Sobre a SHB



 



O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES

     É óbvio que o sucesso de sua organização não virá num toque de mágica. Em hipótese nenhuma! Mas virá com a soma de vários fatores importantíssimos.
     O sucesso da organização é o resultado de um alto investimento nos bastidores + Um bom planejamento + Organização + Boas atividades + Disposição + Bom relacionamento interpessoal.
     O marco inicial para alcançar o sucesso da organização deve começar com um alto investimento devocional de sua própria liderança, nos bastidores. Isto é, inicia-se quando os líderes reservam um tempo diário no seu quarto ou qualquer outro lugar, para adorar ao SENHOR, apresentar-lhe as necessidades e dificuldades, e ouvi-lo dizer qual o melhor caminho a ser seguido. Pois não é a melhor atividade que leva uma organização a ter sucesso, mas sim o que DEUS manda fazer. E Ele sempre manda fazer aquilo que precisa ser feito, verdadeiramente.
     Além disso, faz-se mister o líder fazer algo mais, que lhe compete, como por exemplo: Planejar. Que significa antever as atividades acontecendo no futuro, dentro de uma ótica projetada. Isto é, tudo escrito no papel como manda o figurino: O que fazer? Por que fazer? Para que fazer? Como fazer? Quem vai fazer? Onde vai fazer? Quando vai fazer?
     Os requisitos anteriormente citados são importantíssimos. Mas fracassarão se não forem acompanhados de boas atividades. Que são aquelas que os homens precisam e também querem. Algumas, obrigatoriamente, devem existir dentro da grade curricular da organização. Por exemplo:

¨      Estudos e filmes missionários;
¨      Estudos e filmes bíblicos;
¨      Cultos de orações;
¨      Comemoração do aniversário da organização;
¨      Comemoração do Dia do Homem Batista;
¨      Comemoração do Dia Mundial de Oração e Testemunho do Homem Batista;
¨      Ações evangelísticas;
¨      Campanhas de alvos missionários;
¨      Mutirões missionários;
¨      Ações beneficentes;
¨      Confraternização dos aniversariantes;
¨      Viagens missionárias;
¨      Lazer com a família;
¨      Jantar com as esposas dos membros da organização;
¨      Intercâmbios com outras organizações;
¨      Acampamentos;
¨      Visitas a asilos, cadeias, orfanatos, hospitais;
¨      Campanha do mais um;
¨      Palestras diversas para a comunidade;
¨      Encontro de empresários, comerciantes, professores, profissionais liberais e outros;
¨      Jantar tipicamente missionários;
¨      Participação de atividades denominacionais;
¨      Cursos profissionalizantes;
¨      Formar grupos específicos: vocais, teatrais;
¨      Visitar sempre uns aos outros;
¨      Visitar os enfermos, membros e não membros da Igreja.

O que diremos do bom relacionamento interpessoal? Fundamental! Sua inexistência significa o fracasso de todo esforço empreendido para alcançar o sucesso na organização. O bom relacionamento entre os membros da organização é o ponto nevrálgico para manter os homens unidos e dispostos a alcançar os objetivos da mesma. É a chave para o bom andamento dos trabalhos. E só é possível existir um bom relacionamento na organização, se houver alguns elementos indispensáveis: Amor; honestidade; sinceridade; solidariedade; simpaticidade; sociabilidade; humildade; simplicidade; além de outros, sobretudo, o bom relacionamento com DEUS. Pois, eu preciso de você, você precisa de mim, e nós precisamos de CRISTO, até o fim.
     
CURRICULO PROGRAMÁTICO DO MÓDULO I DA UMHBBa - SHB

I – DEFINIÇÃO DE SOCIEDADE DE HOMENS BATISTAS – SHB:

Sociedade de Homens Batistas – SHB: é uma organização com características próprias de serviços e de atividades, para homens a partir dos 36 anos de idade, solteiros ou casados, membros da Igreja. Os homens não membros da Igreja, convertidos ou não, poderão participar das atividades da SHB, como visitantes.

II – QUAL É O PRINCIPAL OBJETIVO DA SHB?

Levar o homem adulto a envolver-se com missões, na Igreja local, na Associação, e nas convenções: estadual, nacional e mundial. Entretanto, deve-se iniciar esta ação a partir dos afazeres diários de cada homem batista, sejam eles: médico, advogado, pintor, escritor, mecânico, engenheiro, policial, pedreiro, carpinteiro, eletricista, pastor, diácono, ou qualquer outro ofício. Cada um deve, em suas atividades profissionais diárias, individualmente, servir como instrumento nas mãos de Deus para expandir missões, independente de ser uma ação dirigida pela SHB ou não. Entretanto, também deve se dispor para cooperar, coletivamente, na execução de projetos desenvolvidos pela SHB nos dias determinados.
Espera-se que cada homem batista ocupe o seu espaço dentro da SHB, sendo cooperador de Deus. Pois, há lugar para todos: negro ou branco, rico ou pobre, na vanguarda ou na retaguarda.

III – HISTÓRICO DA SOCIEDADE DE HOMENS BATISTAS – SHB:

A primeira organização masculina batista do Brasil foi criada em 4 de junho de 1916, na PIB do Rio de Janeiro. Todavia, antes desse evento, muitos grupos de homens, informalmente, já funcionavam em várias igrejas desempenhando atividades com as mesmas características, porém, utilizando diversos nomes, a exemplo de: União de Homens, Sociedade Cooperadora de Homens, Departamento Masculino de Evangelização, Gideões, Etc.
     Esss valentes pioneiros homens batistas dedicavam suas vidas a Deus, realizando várias atividades: saíam evangelizando pessoalmente, pregavam o Evangelho ao ar livre, distribuíam literaturas evangélicas de casa em casa, organizavam e mantinham pontos de pregações, congregações e novas igrejas.
     Em 15 de janeiro de 1944, Francisco Manuel do Nascimento, então Secretário Geral e Tesoureiro da chamada União Geral das Sociedades Cooperadoras de Homens, lançou, através da Casa Publicadora Batista, o Pequeno Manual das Sociedades Cooperadoras de Homens. Na oportunidade, contou com o apoio dos homens das igrejas batistas do Distrito Federal, da animada União de Homens da IB do Méier, dos pastores José Miranda Pinto, Dr. Antonio Neves de Mesquita e Nelson Miranda.
     Em 1947, o Departamento Masculino de Atividades Missionárias foi transformado em Divisão Masculina de Atividades Missionárias, sendo chefiado pelo incansável pastor Edson José Machado.
     Em 1963, os homens adultos sonhavam com uma organização missionária e com a ampliação do trabalho masculino. Em atendimento a este sonho, foi oficializada a Sociedade Cooperadora de Homens. E para normatizá-la e orientá-la quanto ao seu funcionamento, foi preparada pelos pastores Willian Alvin Hatton, Edson José Machado a 1ª edição do Guia do Cooperador, chamado de: Manual das Sociedades Cooperadoras de Homens.
     Em 1970, na Bahia, especificamente em Salvador, por ocasião da realização da Convenção Batista Brasileira, foi realizada sob a direção do Ir. Alcides Cunha, hoje pastor, a 1ª Assembléia de Homens Batistas do Brasil. Este é um marco histórico do início de nosso trabalho.
     Em junho de 1977 o pastor José dos Reis Pereira, profetizando quanto à criação da UNIÃO MASCULINA MISSIONÁRIA BATISTA DO BRASIL pela Convenção Batista Brasileira, declarou: “Nós precisamos de paz e harmonia no Brasil batista para a vitória completa da Campanha Nacional de Evangelização e vitória para a década do Centenário. Nos homens organizados teremos elementos preciosíssimos para tais vitórias. É tempo de deixar de tecnicismo e idéias de reestruturação para aperfeiçoar ou racionalizar nosso trabalho. A obra do Senhor tem outras leis que transcendem nossos cálculos e esquemas humanos”.
     Em atendimento a este clamor, no dia 23 de janeiro de 1978, por ocasião da 60ª Assembléia da Convenção Batista Brasileira, realizada em Recife – PE, foi criada a UMMBB – União Masculina Missionária Batista do Brasil, hoje chamada UHBB – União de Homens Batistas do Brasil. Teve como seu primeiro Presidente, o Ir. Dr. Ophir Pereira de Barros e o primeiro Secretário Geral, o Ir. Dirceu Amaro.
     Com a criação da UMMBB, foi atendido o desejo dos homens batistas de ter uma organização com uma estrutura própria, que pudesse, sob a égide da CBB, realizar um trabalho dinâmico e que congregasse de fato, todos os homens batistas: meninos, moços e adultos.
     Em 1992, devido o crescimento da UMMBB, concluiu-se que a SMM – Sociedade Masculina Missionária, que era como um departamento pai dos Embaixadores do Rei – ER e do Grupo de Ação Missionária – GAM, deveria apenas ser um departamento igual aos ER e GAM, sem a paternidade. Apenas irmãos, com os mesmos direitos e deveres. Isso se tornou realidade na Assembléia Anual da UMMBB, realizada em 21 de janeiro de 1994, em Aracaju-SE, quando foi acatada a sugestão da Secretaria Executiva da UMMBB, conduzida pelo pastor Dr. Almir Rodrigues da Costa, para se criar o DENASON – Departamento Nacional de Sociedades Masculinas Missionárias, hoje denominada: DENASHOB – Departamento Nacional de Sociedades de Homens Batistas do Brasil.
     Em 20 de janeiro de 1998, foi aprovada a mudança do nome de União Masculina Missionária Batista do Brasil – UMMBB para  União de Homens Batistas do Brasil – UHBB, com o objetivo de se adequar à nomenclatura da UHBLA – União de Homens Batistas Latino-Americanos. 


IV – ESTRUTURA DA SHB:

  1. Tema: Expandindo Missões  aqui e no mundo.

  1. Divisa: Pois nós não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido. Atos 4.20

  1. Hino Oficial: Trabalho Cristão – 422 CC

Vamos nós trabalhar, somos servos de Deus. Com o Mestre seguir no caminho dos céus. Com o seu bom conselho o vigor renovar, e fazer prontamente o que Cristo mandar!

No labor, com fervor, a servir a Jesus. Com esperança e fé e com oração, até que volte o redentor.

Vamos nós trabalhar, os famintos fartar; para a fonte os sedentos depressa levar. Só na cruz do Senhor, nossa glória será, pois Jesus salvação pela graça nos dá!

Vamos nós trabalhar, para Cristo o Senhor, contra o reino das trevas será vencedor. Ele então para sempre exaltado será, pois real salvação pela graça nos dá!

Vamos nós trabalhar, ajudados por Deus, que coroa real nos dará lá nos céus. Na mansão dos fiéis o descanso será, pois Jesus salvação pela graça nos dá!


4. Significado do Emblema:

 Verificar emblema no topo do post


a) As duas figuras ao centro representam a união que deve existir entre os membros da SHB, que devem levar a luz do Evangelho aqui e no mundo, simbolizada por uma tocha acesa.

5. Significado das Cores:

a) Vermelha: Sacrifício de Cristo na cruz em remissão dos nossos pecados.

b) Amarela: Preciosidade. Comparada ao ouro, nossa vida em Cristo e para Cristo tem muito valor.

c) Azul: Lealdade a Cristo, à Igreja, à família, à denominação e à SHB.

d) Branca: Pureza da mente, do coração e do corpo.

6. Compromisso:

Prometo esforçar-me por uma vida digna de um Homem Batista; guardar meus lábios da mentira, da impureza e de tomar o nome de meu Deus em vão. Conservar meu corpo limpo e pronto para o serviço. Dar tudo que puder para o sustento de missões, e pelo meu trabalho ajudar a estabelecer o Reino de Deus na terra. Se assim não for, para que nasci?

  1. Diretoria da SHB:

a) São atribuições do presidente: planejar, organizar, liderar, cobrar e supervisionar as atividades da organização SHB, representar a SHB e fazer-se presente em todo empreendimento da Igreja, das associações e das convenções, levando a SHB a cooperar, promover  . 109 - a tora do rol de bebeIST o estudo do manual da SHB, pelo menos duas vezes ao ano, manter boa relação com o pastor e o promotor de missões, dando-lhes ciências dos planos da SHB, traça planos e atividades da SHB juntamente com os demais membros da diretoria, treinar e supervisionar os trabalhos dos demais membros da diretoria, assinar com o secretario, o livro de atas.
b) São atribuições do vice-presidente: substituir o presidente em todos os seus impedimentos ou a seu pedido.
c) São atribuições do 1º secretario: fazer uso da caderneta do secretário, registrando todas as atividades da SHB e outras ali expressas, e mantê-la atualizada, enviar relatórios, mensalmente aos DASHOB. DCSHOB E DENASHOB; responsabilizar-se pela pontualidade da literatura e todo o material necessário para a SHB, receber e expedir todas as correspondências e arquivá-las em pastas próprias, organizar o rol de membros da SHB e mantê-lo atualizado, enviar notícias e fotografias sobre o trabalho desenvolvido pela SHB ao DENASHOB para publicação na revista ou qualquer outro periódico, ler o relatório mensalmente perante a SHB para que se tenha idéia do andamento do trabalho.
d) São atribuições do 2º secretário: substituir o 1º secretário em todos os seus impedimentos ou a seu pedido.
e) São atribuições do tesoureiro: lançar em livro próprio todos os movimentos de valores e apresentar relatório mensal a organização, promover campanhas de ofertas para os dias especiais.
f) São atribuições do diretor de programa: planejar e executar os programas da SHB em suas atividades regulares, exercitar a criatividade, a fim de evitar a monotonia dos programas, reunir-se sempre com o presidente e o diretor de música para a elaboração dos programas, procurar informações nas publicações destinadas ao trabalho do homem batista e outras da denominação, junto com os Embaixadores do Rei e o Grupo de ação Missionária preparar e executar o programa do dia do Homem Batista, Dia Mundial de Oração e Testemunho do Homem Batista.
g) São atribuições do diretor de música: escolher os cânticos com a programação elaborada por quem estiver dirigindo a reunião, formar grupos vocais ou instrumentais dentro da SHB.
h) São atribuições do diretor de sociabilidade: cultivar o espírito de camaradagem entre os membros, realizar acampamento, reuniões de congraçamento e lazer entre os membros da SHB e os que ainda não fazem parte da mesma, realizar intercâmbio entre SHB, identificar os homens que não fazem parte da SHB e estudar a maneira de atraí-los.

8. Requisitos necessários para ser membro da diretoria da SHB:

  1. Conhecimento de Liderança,
  2. Noções de Psicologia,
  3. Conhecer a Organização SHB,
  4. Saber avaliar pontos altos e baixos,
  5. Senso de cooperação denominacional,
  6. Entusiasmo,
  7. Honestidade e compreensão,
  8. Iniciativa e coragem,
  9. Autoconfiança,
  10. Bom humor,
  11. Discrição no falar e na aparência,
  12. Amor a Deus e ao próximo,
  13. Genuína Conversão,
  14. Amor a missões,
  15. Nunca chegar tarde nas programações da SHB,
  16. Procurar conhecer cada Homem Batista, na casa, na Igreja e na SHB,
  17. Amabilidade,
  18. Modéstia,
  19. Lealdade, Altruísmo,
  20. Saúde,
  21. Pureza,
  22. Disciplina Pessoal,
  23. Boa conduta ética e moral,
  24. Autenticidade,
  25. Veracidade oral,
  26. Comprometido com a Verdade,
  27. Outras

V – MOMENTO CÍVICO:

  1. Entrada das Bandeiras

  1. Hino Nacional Brasileiro

  1. Juramento à bandeira Nacional: Prometo pela minha honra, proceder em todas as circunstâncias como homem consciente de seus deveres, amar a minha pátria e defendê-la na paz e na guerra.

3.1        Hino 439 CC – Oração pela Pátria

Minha Pátria para Cristo!
Eis a minha petição:
Minha Pátria tão querida,
Eu te dei meu coração;
Lar prezado, lar formoso,
É por ti o meu amor;
Que o meu Deus de excelsa graça
Te dispense seu favor.
Salve Deus a minha Pátria,
Minha Pátria varonil!
Salve Deus a minha terra,
Esta terra do Brasil.

Quero, pois, com alegria,
Ver feliz a mãe gentil,
Por vencer seu Evangelho
Esta terra do Brasil.
Brava gente brasileira,
Longe vá temor servil;
Ou ficar a pátria salva,
Ou morrer pelo Brasil.


  1. Juramento à bandeira Cristã: Prometo ser fiel ao meu salvador Jesus Cristo, amá-Lo de todo o meu coração, servi-Lo com todas as minhas forças. Levarei a sua bandeira com a Bíblia aberta a todo o mundo.

4.1        Hino: Corajosos – 469 CC

Um pendão real vos entregou o Rei, a vós soldados seus; corajosos, pois, de tudo defendei, marchando para o céu.

Com valor, sem temor, por Cristo, prontos a sofrer. Bem alto erguei o seu pendão, firmes sempre até morrer!

Eis formados já malignos batalhões, do grande usurpador! Revelai-vos, hoje, bravos campeões; avante sem temor!

Oh! Sejamos todos a Jesus leais, e a seu real pendão! Os que na batalha sempre são fiéis com Ele reinarão.


  1. Juramento à bandeira da SHB:

Prometo esforçar-me por uma vida digna de um Homem Batista; guardar meus lábios da mentira, da impureza e de tomar o nome de meu Deus em vão. Conservar meu corpo limpo e pronto para o serviço. Dar tudo que puder para o sustento de missões, e pelo meu trabalho ajudar a estabelecer o Reino de Deus na terra. Se assim não for, para que nasci?


5.1        Hino Oficial: Trabalho Cristão – 422 CC

Vamos nós trabalhar, somos servos de Deus. Com o Mestre seguir no caminho dos céus. Com o seu bom conselho o vigor renovar, e fazer prontamente o que Cristo mandar!

No labor, com fervor, a servir a Jesus. Com esperança e fé e com oração, até que volte o redentor.

Vamos nós trabalhar, os famintos fartar; para a fonte os sedentos depressa levar. Só na cruz do Senhor, nossa glória será, pois Jesus salvação pela graça nos dá!

Vamos nós trabalhar, para Cristo o Senhor, contra o reino das trevas será vencedor. Ele então para sempre exaltado será, pois real salvação pela graça nos dá!

Vamos nós trabalhar, ajudados por Deus, que coroa real nos dará lá nos céus. Na mansão dos fiéis o descanso será, pois Jesus salvação pela graça nos dá!

VI – Regras básicas para realizar um acampamento:

  1. Conhecer o local,
  2. Descobrir os meios de aceso,
  1. Pesquisar postos de saúde e mercados das proximidades,
  2. Definir estruturas do acampamento,
  3. Elaborar o orçamento do acampamento,
  4. Realizar campanhas de arrecadação para o acampamento,
  5. Solicitar autorização dos pais por escrito,
  6. Descobrir problemas de doenças dos meninos, e se usam medicamentos habituais ou se tem alergia a algum alimento,
  7. Não permitir que levem objetos de valores, tampouco muitas bagagens,
  8. Providenciar medicamentos de primeiros socorros,
  9. Providenciar instrumentos acampamentários: facão, lanternas, etc

VII – PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DE CULTO DE ANIVERSÁRIO E OUTRAS ATIVIDADES COM TODA A IGREJA:

I – O que deve ser feito:

  1. Marcar o dia da atividade
  2. Divulgar a atividade
  3. Providenciar, insígnias, uniformes, bandeiras, murais para exposição, etc.
  4.  Convidar pregador e grupo musical, etc
  5. Definição de atribuições de cada Homem Batista na programação
  6. Elaborar o programa da atividade
  7. Ensaiar todo o programa com todo o grupo
  8. Providenciar fotógrafo e filmagem
  9. Ornamentar a Igreja com símbolos da SHB

VIII – Materiais da Organização SHB:

  1. Caderneta do Secretário

  1. Manual da SHB

  1. Revista O Homem Batista

  1. Camisa da SHB

  1. Boné do Homem Batista

  1. Insígnia

  1. Bandeira da SHB, Cristã e Nacional

  1. Toalha de mesa da SHB

IX – MODELO DE REUNIÃO DE UMA SHB:

1) Saudação (Presidente)
2) Oração (todos de pés ou sentados, o Presidente designa quem vai orar)
3) Leitura Bíblica (o Presidente deve comentar o texto)
4) Cânticos da Organização (o Diretor de Programa designa quem vai conduzir os cânticos ou ele mesmo pode entoá-lo)
5) Recitar o Tema (Presidente)
6) Recitar a Divisa (Presidente)
7) Recitar Compromisso (Presidente)
8) Canta o Hino Oficial da SHB – 422 CC – Trabalho Cristão
9) Chamada e Avisos (Secretário)
10)        Estudos Bíblicos, Missionários, Filme Missionários, Reunião de Oração, Diversos, (O Diretor de Programa dará continuidade ou apresentará quem fará o estudo)
11)        Agradecimentos (O Diretor de Programa agradece a todos, convida-os para estarem na próxima reunião, e imediatamente, transfere a palavra ao Presidente, que dará a palavra final)
12)        Oração de encerramento (O Presidente pede para formar o Círculo da camaradagem, designa quem vai orar, e ao final da oração, dar o grito de guerra: Uma Vez Homem Batista? Sempre Homem Batista! Respondem todos, dando um soco pra o ar).

X – DATAS COMEMORATIVAS:

  1. Dia do Homem Batista – Sempre deve ser comemorado no 1º domingo de junho. Mas todo o mês de junho é considerado o mês do Homem Batista.

  1. Aniversário da SHB – Deve ser comemorado todos os anos com uma grande festa e com toda a Igreja.

  1. Dia Mundial de Oração e Testemunho do Homem Batista – Deve ser comemorado no 4º sábado de abril.

  1. Dias Especiais de Missões Estaduais, Nacionais e Mundiais – Os Homens Batistas devem sempre dar tudo que puder a fim de que o alvo sempre seja ultrapassado.

XI – COMO IMPLANTAR UMA SHB:

  1. Conversar com o Pastor da Igreja
  2. Convidar um Líder experiente, conhecedor da UHB para prestar informações e fazer uma exposição do que é uma SHB e de como funciona
  3. Convidar todos os homens da Igreja em condições de se tornar membro de uma SHB e apresentá-los a estrutura da SHB e desafiá-los a participar
  4. Reunir-se com todos os homens da Igreja e fazer a eleição da diretoria, registrando tudo no livro de atas. Um secretário ad-hoc deve ser escolhido.
  5. Escolher o nome da SHB. Tem que ser um nome que a inspire.
  6. Marcar o dia do culto solene de organização da SHB, onde deve ser empossada a diretoria eleita
  7. Convidar o pregador, o grupo musical, e os que vão fazer participação especial
  8. Distribuir as atribuições de cada homem batista na programação
  9. Elaborar o programa do culto solene
  10. Divulgar a programação do culto solene
  11. Providenciar tudo que for necessário à programação, bandeiras, murais, fotógrafo, filmagem, etc.
  12. Ensaiar toda a programação
  13. Ornamentar toda a Igreja para o culto solene
  14. Realizar o culto solene de organização da SHB, registrando tudo no livro de atas.

XII – ATIVIDADES QUE PODEM FAZER A SHB TER SUCESSO:

     É óbvio que o sucesso em sua SHB não virá num toque de mágica. Em hipótese nenhuma! Mas virá com a soma de vários fatores importantíssimos.
     O sucesso na SHB é o resultado de um alto investimento nos bastidores + Um bom planejamento + Organização + Boas atividades + Disposição + Bom relacionamento interpessoal.
     O marco inicial para alcançar o sucesso na SHB começa com um alto investimento devocional da própria liderança da SHB, nos bastidores. Isto é, inicia-se quando os líderes reservam um tempo diário no seu quarto ou qualquer outro lugar, para adorar ao SENHOR, apresentar-lhe as necessidades e dificuldades, e ouvi-lo dizer qual o melhor caminho a ser seguido. Pois não é a melhor atividade que leva uma SHB a ter sucesso, mas sim o que DEUS manda fazer. E Ele sempre manda fazer aquilo que precisa ser feito, verdadeiramente.
     Além disso, faz-se mister o líder fazer algo mais, que lhe compete, como por exemplo: Planejar. Que significa antever as atividades acontecendo no futuro, dentro de uma ótica projetada. Isto é, tudo escrito no papel como manda o figurino: O que fazer? Por que fazer? Para que fazer? Como fazer? Quem vai fazer? Onde vai fazer? Quando vai fazer?
     Os requisitos anteriormente citados são importantíssimos. Mas fracassarão se não forem acompanhados de boas atividades. Que são aquelas que os homens precisam e também querem. Algumas, obrigatoriamente, devem existir dentro da grade curricular da SHB. Por exemplo:

¨      Estudos e filmes missionários;
¨      Estudos e filmes bíblicos;
¨      Cultos de orações;
¨      Comemoração do aniversário da SHB;
¨      Comemoração do Dia do Homem Batista;
¨      Comemoração do Dia Mundial de Oração e Testemunho do Homem Batista;
¨      Ações evangelísticas;
¨      Campanhas de alvos missionários;
¨      Mutirões missionários;
¨      Ações beneficentes;
¨      Confraternização dos aniversariantes;
¨      Viagens missionárias;
¨      Lazer com a família;
¨      Jantar com as esposas dos membros da SHB;
¨      Intercâmbios com outras SHB;
¨      Acampamentos;
¨      Visitas a asilos, cadeias, orfanatos, hospitais;
¨      Campanha do mais um;
¨      Palestras diversas para a comunidade;
¨      Encontro de empresários, comerciantes, professores, profissionais liberais e outros;
¨      Jantar tipicamente missionários;
¨      Participação de atividades denominacionais;
¨      Cursos profissionalizantes;
¨      Formar grupos específicos: vocais, teatrais;
¨      Visitar sempre uns aos outros;
¨      Visitar os enfermos, membros  e não membros da Igreja.

O que diremos do bom relacionamento interpessoal? Fundamental! Sua inexistência significa o fracasso de todo esforço empreendido para alcançar o sucesso na SHB. O bom relacionamento entre os membros da SHB é o ponto nevrálgico para manter os homens unidos e dispostos a alcançar os objetivos da mesma. É a chave para o bom andamento dos trabalhos. E só é possível existir um bom relacionamento na SHB, se houver alguns elementos indispensáveis: Amor; honestidade; sinceridade; solidariedade; simpaticidade; sociabilidade; humildade; simplicidade; além de outros, sobretudo, o bom relacionamento com DEUS. Pois, eu preciso de você, você precisa de mim, e nós precisamos de CRISTO, até o fim.
    
Obrigado, pela atenção! Que o SENHOR lhe ajude a alcançar o sucesso em sua SHB. Porque o impossível é aquilo que não tentamos conquistar. E todas as coisas são possíveis para DEUS. Muito embora, para o homem, querer não é poder. Pois nem tudo que queremos, podemos.
     Fico por aqui. Mas com vontade de continuar. Leia o manual da SHB. E quando terminar de lê-lo, releia-o. Se tiver vontade de ler, leia-o. Se não tiver vontade, leia-o até ter vontade.

XII – AJUDA E APOIO À SHB:

Qualquer Homem Batista ou SHB poderá, se precisar, buscar ajuda ou apoio, objetivando o melhor funcionamento da organização, junto aos órgãos denominacionais, que inclusive, tem a atribuição de cooperar a fim de que cada SHB se dinamize e avance, se desenvolvendo e crescendo cada vez mais. 

1. DASHOB – Departamento Associacional de Sociedade de Homens Batistas. A SHB da Igreja local faz parte do DASHOB, o qual tem por função o apoio e a mobilização das SHB das Igrejas locais, na realização de programas na área da Associação.

2. DCSHOB – Departamento Convencional de Sociedade de Homens Batistas – UMHBBa. É o segmento da UMHBBa responsável pelo desenvolvimento geral da SHB em nível estadual, pelo cadastramento das SHB associacionais e congregacionais. Também é responsável pela formação e treinamento de líderes, pela elaboração de atividades especiais, pela realização de acampamentos, congressos e outras atividades O Conjunto de Associações formam a União de Homens Batistas Convencional. O DCSHOB apóia e mobiliza as associações. Promove a unidade do trabalho em todo o estado, relacionando-se com as igrejas, sem, contudo, interferir nas atribuições associacionais. Na direção do DCSHOB, está o Coordenador Estadual, indicado pelo Secretário Geral, e em sua ausência, pelo Presidente, e homologado pelo Conselho, a quem deve prestar relatórios e informações do Departamento.


3. DENASHOB – Departamento Nacional de Sociedade de Homens Batistas – UHBB. É o segmento da UHBB responsável pelo desenvolvimento geral da SHB em nível nacional, pelo cadastramento das SHB convencionais, associacionais e congregacionais. Também é responsável pela formação e treinamento de líderes, pelo desenvolvimento da revista O Homem Batista, pela elaboração de atividades especiais, pela realização de acampamentos, congressos e outras atividades. Apóia e mobiliza os DCSHOB convencionais em atividades estaduais e nacionais. Promove a unidade do trabalho em todo o país, relacionando-se com as igrejas, sem, contudo, interferir nas atribuições convencionais e associacionais. Na direção do DENASHOB está o Coordenador Nacional, indicado pelo Secretário Geral, e em sua ausência, pelo Presidente, e homologado pelo Conselho, a quem deve prestar relatórios e informações do Departamento.


ESTRUTURA DO FORTSHOB


FORTSHOB – Frente de Operação Regional do Trabalho de Sociedade de Homens Batista, é a Associação de duas ou mais Sociedades de Homens Batistas, funcionando como núcleo vivo, na promoção de atividades próprias para Homens Batistas, proporcionando uma atuação conjunta, sem interferir na autonomia das SHBs.

OBJETIVO DO FORTSHOB: Coordenar, apoiar e promover atividades de interesse comum das SHBs pertencentes à região de atuação do FORTSHOB.

CONSTITUIÇÃO DE UM FORTSHOB: deve ser constituído de, no mínimo, duas SHBs pertencentes à mesma região.

ESTRUTURA DO FORTSHOB: Deve possuir um nome, um tema, uma divisa, um hino oficial, e uma insígnia que o identifique. As cores devem ser as mesmas da Organização; porém, os uniformes poderão sofrer variações.

DIRETORIA DO FORTSHOB: A diretoria do FORTSHOB será eleita pelo Conselho Diretor, e constituída da forma a seguir, com suas respectivas atribuições:

COORDENADOR: Poderá ser qualquer homem batista

·         Dirigir as reuniões do Conselho Diretor
·         Coordenar as atividades do FORTSHOB
·         Representar o FORTSHOB junto à UMHBC, à UMHBBa e às Igrejas

VICE-COORDENADOR: Poderá ser qualquer homem batista

·         Dirigir as Assembléias do FORTSHOB
·         Divulgar as atividades do FORTSHOB
·         Secretariar nas reuniões do Conselho Diretor

COMISSÃO DE ACAMPAMENTO: Deve ser formada por um presidente de SHB ou UHB que será o Relator, e por um homem batista de cada SHB do FORTSHOB.

·         Promover Acampamento do FORTSHOB em conjunto com o COORDENADOR e o Conselho Diretor.

COMISSÃO DE EVANGELIZAÇÃO: Deve ser formada por um presidente de SHB ou UHB, que será o Relator, e por um homem batista de cada SHB do FORTSHOB.

·         Promover atividades evangelísticas

COMISSÃO DE RECREAÇÃO: Deve ser formada por um presidente de SHB ou UHB, que será o Relator, e por um homem batista de cada SHB do FORTSHOB.

·         Promover atividades recreativas
·         Promover torneios esportivos
·         Promover passeios

Obs. Outras comissões poderão ser formadas de acordo com a necessidade.

CONSELHO DIRETOR: Deve ser formado por todos os presidentes de SHB e UHB pertencentes ao FORTSHOB.

ATIVIDADES QUE O FORTSHOB PODERÁ REALIZAR:

·         Acampamentos
·         Torneios esportivos
·         Atividades recreativas
·         Atividades evangelísticas
·         Intercâmbios
·         Passeios
·         Campanhas missionárias e de ação social
·         Promoções de ação social



Josué Nery
Presidente da UMHBBa




 

FICHA DE CADASTRO DA SHB


Nome da SHB: _____________________________________________
Nome da Igreja:____________________________________________
Rua: ___________________________ Bairro: ____________________
CEP _______ - ____ Cidade___________________________ UF _____
E-mail: ________________________ site: _______________________
Associação: _________________ Convenção: _____________________
Tel.: (     ) __________________ Telefax (    ) ____________________
Presidente da SHB: _________________________________________
Coordenador da SHB: ________________________________________
Pastor da igreja: ____________________________________________


1. Reuniões: Quantas vezes se reuniu a SHB para o estudo mensal da revista, estudos diversos com temas atuais, evangelização e reuniões de negócios durante o ano _______?

2. Número de Membros da SHB: Quantos arrolados havia princípio do ano? ____ Quantos foram aceitos durante o ano? ____ Quantos deixaram a SHB? ____

3. Foi observado: Dias de Missões: A SHB observou o "Dia de Missões Mundiais" com programa e oferta especial?_____ Missões Nacionais? _____ Missões Estaduais? _____ Dia do Homem Batista? _______ Dia Mundial de Oração e Testemunho do Homem Batista? _____________

4. Relatório aos Departamentos – Foram enviados aos Departamento Nacional, Convencional, e Assosiacional de SHB? ______

5. Estudo de mordomia, evangelismo e missões e ação social, qual foi nosso objetivo durante o ano?   _________________________________________________________________

6. A SHB possui sala própria?_____ Possui equipamentos para ação social, evangelismo, tais como caixa de som e outros?_____ É responsável por algum ponto de pregação ou mesmo congregação?_____ Qual tem sido a sua principal missão como SHB?______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

7.Informações:________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Envie para:

UHBB:  Rua José Higino, 416 – Prédio 15 – Tijuca

              Rio  de Janeiro – Rio de  Janeiro – RJ – CEP :20.510-412

FAX: ( 21 ) 2298-1258

Em caso de SHBs da bahia enviar por email para caravana.esperanca@gmail.com